Entenda como implementar a gestão de custos na sua indústria

Embora seja muito importante, bater as metas de vendas não é o suficiente para garantir o funcionamento e o crescimento sustentável de uma indústria. Isso porque o dinheiro que entra no caixa é apenas uma parte do processo necessário para que as finanças estejam sempre em dia e no azul. Nesse sentido, uma das atividades estratégicas é exatamente o controle de todos os gastos da empresa, tanto para a busca de alternativas mais econômicas quanto para se realizar a precificação correta dos produtos. Implementar a gestão de custos significa, portanto, permitir uma avaliação mais precisa do quanto é necessário para o negócio continuar em atividade e desenvolver seus produtos.

Mas sabe o que é exatamente a gestão de custos? Trata-se do processo responsável pelo registro e controle de todos os custos de um projeto para otimizar ao máximo sem que isso prejudique a qualidade do resultado final. Em outras palavras, significa buscar alternativas sustentáveis para se ter um portfólio de alta qualidade com os menores gastos possíveis. Assim, os gestores conseguem ter uma visão precisa das finanças e conhecer a situação real da empresa.

 

Por que fazer a gestão dos custos

Além da organização que temos destacado até aqui, a gestão de custos proporciona outras importantes vantagens, dentre as quais podemos destacar:

  • Controle de riscos: um alto faturamento nem sempre significa que sua indústria está no caminho certo, pois quando os custos de produção são altos, os lucros tendem a ser baixos ou inexistentes. E isso pode trazer grandes problemas financeiros, principalmente em períodos sazonais com um retorno baixo. A gestão de custos prevê esses cenários e possibilita que você se prepare para enfrentá-los.
  • Maior competitividade e eficiência: o controle dos gastos permite que haja um equilíbrio entre o custos e o lucro, de modo que a precificação é feita de forma adequada, aumentando a competitividade da sua indústria no mercado (principalmente se ele já estiver saturado). Além disso, ao se ter uma visão mais precisa do quadro corporativo, o gestor consegue planejar, controlar e desenvolver ações que impulsionam a eficiência do negócio.
  • Rapidez em atingir o ponto de equilíbrio: o principal desafio de qualquer empreendimento é fazer com que ele “se pague”, ou seja, que consiga cobrir todas as despesas e gerar o lucro desejado. Para isso, a gestão de custos se faz essencial, ajudando no corte de gastos desnecessários e na administração eficiente dos recursos em pouco tempo.

 

Passo a passo para implementar a gestão de custos na sua indústria

Diante de tantos benefícios, é fácil perceber a importância de implementar a gestão de custos na rotina industrial, não é mesmo? E, para isso, existem alguns procedimentos indispensáveis. Confira!

 

1 – Faça o levantamento dos custos

Faça o levantamento de todos os custos necessários da sua empresa e atualize-o periodicamente. Para isso, crie planilhas detalhadas para cada projeto, avaliando o valor de cada uma das atividades, como materiais utilizados, mão-de-obra, matéria-prima, equipamentos, instrumentos de trabalho e assim por diante. É importante especificar tudo para que você tenha uma visão precisa dos valores. Pesquise os preços e avalie qual é o melhor custo-benefício e, claro, fique atento para não ultrapassar o limite de despesas. Lembre-se também de que esse hábito deve fazer parte da sua rotina.

 

2 – Faça o orçamento do que você precisa

Após pesquisar os valores, é o momento de orçar o material. Procure pelo menos três fornecedores para fazer o orçamento e opte por aquele que oferecer as melhores condições para sua realidade. Avalie, dessa forma, os preços, a qualidade, a entrega e outros aspectos que impactem de alguma forma no seu trabalho. Lembre-se de que nem sempre o mais barato é a melhor opção e problemas com o fornecedor pode causar sérios prejuízos para o seu negócio.

 

3 – Elabore um planejamento

Não tem como fugir. Um planejamento bem feito vai proporcionar todas as informações que servirão de base para o plano de ação e prever como agir em situações adversas, oferecendo maior segurança para sua indústria. Nele também deve ser feita uma margem de erro para os orçamentos com o objetivo de evitar qualquer surpresa em relação a gastos que surjam durante o desenvolvimento dos projetos. Assim, você terá as reservas necessárias para essas situações, impedindo que o resultado final seja prejudicado.

 

4 – Atualize os registros e analise os custos periodicamente

Por fim, é essencial manter todos os dados atualizados para que se possa acompanhar a evolução das despesas e se conheça a rentabilidade, a lucratividade e o desempenho da indústria. Mas atenção! Não basta apenas atualizar a planilha, é preciso analisá-la também para entender onde os recursos estão sendo aplicados e se há uma alternativa mais eficiente de utilizá-los.

 

Use a tecnologia para impulsionar a gestão de custos na sua indústria

Com o desenvolvimento da tecnologia, surgiram soluções para facilitar a administração das empresas, oferecendo agilidade, precisão e eficiência. Os sistemas de gestão tem feito a diferença no mundo industrial ao reduzirem erros e retrabalhos aos quais os processos realizados manualmente estão passíveis. Nesse sentido, os ERPs tornaram-se ferramentas indispensáveis para uma boa gestão, uma vez que, ao automatizarem o fluxo operacional, ajudam a ter um controle melhor das atividades corporativas, dentre as quais podemos destacar a gestão de custos.

Esse sistema permite otimizar a aplicação dos recursos, pois proporciona uma visão mais ampla, precisa e correta das finanças. Dessa forma, o uso do dinheiro na sua indústria é otimizado, impulsionando o desempenho e, consequentemente, facilitando o caminho para o sucesso. E é isso o que todo gestor deseja, não é verdade? Mas para que os resultados sejam ainda melhores, é importante contar com uma solução que conheça as necessidades reais de uma indústria. Afinal, bem sabemos que ela tem uma dinâmica diferente de outros tipos de negócio e isso exige soluções mais específicas para que a gestão de custos seja feita de forma correta.

Para entender melhor esse tema, baixe gratuitamente nosso e-book! E, claro, fique à vontade para entrar em contato com nossa equipe e descobrir como podemos ajudá-lo nesse desafio.

Dúvidas? Entre em contato agora mesmo

FALE COM NOSSOS CONSULTORES