Sumário

Capacidade ociosa: aprenda a evitar!

Imagine só o cenário: maquinário parado, colaboradores sem trabalhar, matéria-prima parada no estoque… você sabe que a empresa tem estrutura para produzir muito mais, mas não está tendo o retorno ou a produtividade que poderia ter.

Essa situação parece familiar? Então continue lendo para saber o que é e como diminuir a capacidade ociosa!

O que é capacidade ociosa?

Capacidade ociosa é tudo o que sua empresa poderia produzir mas não produz.

Essa ociosidade pode ter várias causas, como equipamento quebrado, profissionais com baixa produtividade, falta de matéria-prima que já deveria ter sido comprada ou até mesmo baixa demanda.

A verdade é que uma alta capacidade ociosa é bastante prejudicial a qualquer indústria. Uma alta taxa de ociosidade significa que existem investimentos que não estão dando retorno, ou seja, estão causando prejuízo.

Apesar de ser um problema que causa pesadelos a qualquer dono de empresa, é possível trabalhar para diminuir a capacidade ociosa! 

Grandes desafios para indústrias de todos os tamanhos

Como falamos, existem muitos fatores que podem causar a alta ociosidade de uma indústria, uma delas é a falta de demanda, que pode acontecer conforme as tendências de compra e de consumo e até econômicas, o que não está sob o controle do gestor da empresa.

Porém, existem formas de melhorar o cenário. Calcular a capacidade ociosa é uma das principais.

O cálculo da capacidade ociosa vem primeiro do cálculo da capacidade de produção. A capacidade de produção, também conhecida como capacidade instalada, é o quanto a empresa pode produzir de acordo com sua estrutura. Partindo disso, a capacidade ociosa é a diferença entre o que poderia estar sendo produzido e o que está sendo produzido de fato.

Por exemplo, uma empresa de calçados que tem estrutura para produzir 300 pares por dia mas produz apenas 100 tem uma grande capacidade ociosa e muito provavelmente tem grandes prejuízos na operação.

Conhecer tanto a capacidade instalada quanto a ociosa possibilitam uma melhor gestão, de acordo com a demanda e as capacidades da indústria. 

Essa estimativa é essencial para qualquer empresa. A partir desse cálculo é possível planejar a produção de forma eficiente e otimizada, para cumprir prazos através de um plano mestre de produção, fazer uma boa gestão de estoque e conseguir atender às demandas do mercado sem prejuízos.

Como reduzir a capacidade ociosa da empresa

Essa é a principal pergunta: como diminuir a capacidade ociosa da empresa? Existem alguns passos essenciais para reduzir os prejuízos causados pela ociosidade. Confira a seguir:

  • Cálculo da capacidade de produção

Esse é o primeiro passo. Não tem como diagnosticar o problema sem conhecer a capacidade produtiva da empresa.

Para começar a solucionar o problema, é preciso primeiro saber qual a capacidade máxima de produção. É claro que isso é uma estimativa, que se baseia na quantidade de colaboradores, de maquinário e de estoque, mas é essencial para o resto do processo de solução.

  • Identificação da causa da ociosidade

A partir da estimativa da capacidade instalada, é hora de procurar o causador do problema. 

Alguns são mais óbvios, como maquinário quebrado ou falta de pessoal, mas outros não são tão claros, como a compra de matéria-prima na quantidade errada ou gargalos na produção.

  • Manutenção de maquinário

Para solucionar o problema de maquinário quebrado, nada melhor do que fazer a manutenção ou até mesmo adquirir novos produtos para serem usados na produção.

Ferramentas novas, apesar de serem caras, muitas vezes saem mais baratas do que as antigas que precisam de manutenção constante, então isso também é um fator a ser levado em conta.

  • Administração dos recursos humanos

Administrar bem o pessoal também é parte indispensável para reduzir a ociosidade da indústria. Treinamento, capacitação, programas de incentivo e processos bem definidos são alguns dos modos de aumentar a produtividade da equipe.

  • Boa gestão

Com certeza o item mais importante da lista. Uma boa gestão entende cada etapa da cadeia produtiva e também os outros setores da empresa.

Gerir bem o pessoal, os processos, os pedidos de compra e todo o resto não é tarefa fácil, porém é um dos pontos determinantes no sucesso ou fracasso de uma empresa.

Uma boa gestão otimiza a produção e desenvolve processos bem definidos para cada etapa da cadeia, o que evita desperdício e proporciona uma produtividade sustentável e organizada para a empresa. É nesse cenário que um sistema de gestão empresarial faz toda a diferença.

Tecnologias de gestão que evitam o aumento da capacidade ociosa

Existem diversas ferramentas para gestores e empresas que auxiliam em diversos processos. Uma delas é o ERP.

O ERP, que significa Sistema Integrado de Gestão Empresarial, é uma ferramenta de gestão para empresas que traz todos os setores em uma só tela: vendas, compras, RH, finanças, logística, entre outros.

Ter essa visão integrada é essencial para a redução da capacidade ociosa da indústria. 

Através dessa ferramenta todas as equipes podem trabalhar de forma colaborativa, ou seja, o sistema centraliza todos os setores em um único lugar para garantir que tudo seja tratado de forma contínua e os processos sejam bem sucedidos.

Através de um ERP, a capacidade ociosa é reduzida, já que há um controle muito maior sobre cada fase da produção. Para dar um exemplo, todos os insumos que estão no estoque são registrados no ERP e atualizados automaticamente conforme são usados na produção.

Isso faz com que a equipe de compras seja acionada quando a matéria-prima começa a faltar, dando tempo para realizar um novo pedido para que não falte material para que a operação não pare.

As aplicações do ERP na indústria não param por aí. O ERP WK Radar possui mais de 30 módulos para trazer para a indústria todo o poder de gestão que ela precisa, com rapidez, segurança e funcionalidade.

Quer saber mais como colocar o WK Radar para diminuir a capacidade ociosa da sua empresa? Entre em contato com a Pró-Data System’s, especialistas na implantação de ERP para indústria.

Capacidade ociosa: aprenda a evitar!

Utilizamos seus dados para oferecer uma experiência mais relevante ao analisar e personalizar conteúdos e anúncios em nossa plataforma e em serviços de terceiros. Ao navegar pelo site, você nos autoriza a coletar estes dados e utilizá-los para estes fins. Consulte nossa Política de Privacidade em caso de dúvidas.