Como escolher um ERP?

Apesar das diferenças entre os segmentos industriais, corporativos, varejistas e atacadistas, todos eles incluem diferentes processos de atuação, que demandam uma estrutura de análise, planejamento e organização que garanta o máximo de agilidade e qualidade em todas as etapas.

A boa notícia é que existe um software ERP ideal para cada uma dessas realidades e que é responsável por auxiliar gestores e funcionários a alcançarem os melhores resultados a cada dia.

Qual é a sua demanda?

Para fazer a escolha certa do software ERP, a primeira pergunta é em qual segmento ele será utilizado, já que indústrias, comércios e sedes administrativas, por exemplo, têm necessidades distintas entre si. Entender o cenário onde a empresa atua e em qual etapa o ERP será utilizado é fundamental para garantir a melhor performance de automação com máxima segurança e redução de riscos.

No caso das indústrias, é importante analisar se o ERP está preparado para atender as demandas da fábrica e auxiliar a integração dos processos produtivos, rastreabilidade, gestão de lotes, apuração de custos e fornecimento de informações relevantes para a tomada de decisão.

Vale lembrar também que existem particularidades de acordo com cada mercado, por exemplo, entre a indústria têxtil e uma farmacêutica. Por isso, é fundamental pesquisar.

Analise o currículo do ERP

Você não contrata profissionais inexperientes para assumirem funções estratégicas dentro da sua empresa e deve seguir a mesma lógica para o seu ERP. 

Para descobrir qual é a experiência do seu fornecedor, você pode pesquisar os conteúdos que ele compartilha nos meios digitais e entender qual é a propriedade com que ele fala sobre o seu mercado.

 

Conheça os detalhes sobre a implantação

Antes de escolher seu ERP, lembre-se de que a fase de implantação do ERP é uma das mais importantes, porque ela integra equipes, processos e suporte e, por isso, deve estar alinhada ao contexto da empresa, a fim de evitar possíveis atrasos e prejuízos.

Antes da implantação propriamente dita, seu fornecedor oferecer um treinamento de alto nível, que prepare os usuários para a nova etapa onde seu negócio entrará. Além disso, é nessa fase que a empresa responsável pelo ERP também poderá sugerir ajustes que farão a diferença no aproveitamento total do ERP.

Escolha uma tecnologia de ponta

Para cumprir o papel de facilitar o dia a dia da sua empresa, seu ERP precisa receber atualizações constantes e contar com ferramentas de suporte moderna, adequadas para o seu setor de atuação.

Observar se a solução oferece atendimento total à legislação federal e obrigações acessórias é importante para certificar que você não estará em débito com alguma lei. E para ter certeza de que você não está adquirindo uma tecnologia que ficará ultrapassada em pouco tempo, verifique se o ERP permite o gerenciamento à distância via web, que oferece um investimento menor em infraestrutura de TI, hardware, software e pessoas, integração total entre processos e matriz e filiais, quando necessário.

Mais do que um fornecedor, escolha um parceiro

Entenda que por trás das melhores tecnologias, há excelentes equipes. A escolha do seu fornecedor deve ser feita com base na capacidade que ele tem em se renovar, oferecer melhorias constantes e atender as diferentes demandas que surgem a cada dia. Além disso, a boa execução do ERP depende de uma parceria entre a sua equipe e o suporte do fornecedor. Por isso, analise como essa relação acontece: os canais disponibilizados, estrutura de recebimento de chamados e disponibilidade de atendimento.

Cases Pró Data System's

Mais do que um produto ou serviço, nós oferecemos excelência