Financiamento ou empréstimo: qual é a melhor opção para o seu negócio?

Financiamento ou empréstimo? Por qual modalidade de crédito optar para realizar novos investimentos ou resolver problemas imediatos na sua empresa? Apesar de muitas pessoas ainda tratarem os termos como sinônimos, não é bem assim. Há diferenças significativas entre eles, capazes de determinar o sucesso ou o fracasso da sua decisão.

Para começo de conversa, é preciso ficar claro que ao recorrer a uma linha de crédito deve-se levar em consideração o seu objetivo e o que cada uma delas oferece para que você consiga conquistá-lo. Vamos entender melhor!

 

Financiamento ou empréstimo: entenda as diferenças

O financiamento serve para uma compra direcionada, como, por exemplo, materiais de construção, imóveis e automóveis. Existem ainda algumas modalidades pensadas exclusivamente para empreendedores, que podem utilizar o dinheiro para investimentos em bens e serviços, ampliação e modernização do negócio e compra de máquinas ou equipamentos. Por servir a uma finalidade específica, todo aquele que requer um financiamento precisa comprovar que utilizou o dinheiro com o propósito acordado.

Além da necessidade de justificar a finalidade do dinheiro a ser usado, existe também a possibilidade de o banco pegar o bem financiado no caso da falta de pagamento, o que torna as taxas do financiamento mais baixas. Pelo fato de envolver uma burocracia muito maior, com um processo mais detalhado e uma análise mais complexa, por meio do financiamento é possível conseguir um valor bem mais alto do que com um empréstimo, a juros menores e com prazos mais longos para o pagamento.

Por outro lado, o dinheiro do empréstimo não precisa ser justificado e pode ser usado da maneira que o contratante bem entender, sem a necessidade de explicar seus objetivos para a instituição financeira, que vai simplesmente emprestar o dinheiro em troca de juros. Assim, o valor do empréstimo pode ser utilizado para pagar dívidas, manter o capital de giro de uma empresa ou mesmo adquirir bens.

Por ser mais facilmente conseguido, o empréstimo acaba tendo taxas mais altas do que o financiamento. Isso deve-se aos riscos que a instituição financeira corre, já que não pode analisar o destino do dinheiro e não tem garantias concretas de pagamento. Por isso, o valor do empréstimo fica limitado ao perfil da empresa, com base em análises de risco, capacidade de endividamento e comprovação de renda e bens.

Quer dizer, para saber optar corretamente entre financiamento ou empréstimo, é preciso saber qual será o destino do dinheiro. Se o gestor pretende quitar uma dívida com um fornecedor ou comprar itens de consumo diário em pequena quantidade, como produtos eletrônicos ou um móvel, por exemplo, a melhor opção tende a ser um empréstimo.

Porém, se o empreendedor está pensando em investir um grande capital para modernizar a empresa, automatizar processos, comprar imóveis ou automóveis para seres usados no negócio, o financiamento acaba sendo a melhor escolha, por oferecer as melhores taxas e condições de pagamento e o acesso a valores mais altos.

Mas, claro, entender as necessidades de sua empresa nem sempre é fácil. Na verdade, este conhecimento só é verdadeiramente possível por meio de uma gestão financeira eficiente.

 

A importância da gestão financeira

De modo simples, gestão financeira é tudo aquilo que se refere a investimentos, despesas, receitas, lucros, empréstimos, financiamentos e valor patrimonial da empresa. É ela que torna possível analisar os resultados e planejar as ações necessárias para obter melhorias.

A gestão financeira auxilia no equilíbrio das contas, na redução dos custos, na obtenção de informações confiáveis, com dados mais seguros, e torna as tomadas de decisões mais assertivas. Com isso, o empresário tem muito mais possibilidades de lucrar, além de poder decidir mais tranquilamente a melhor forma de utilizar seu dinheiro, seja para quitar dívidas, seja para realizar investimentos.

E é justamente essa confiança que vai permitir escolher com clareza entre financiamento ou empréstimo. Sobre isso, inclusive, temos mais uma dica: contar com a tecnologia para tornar as informações do seu negócio ainda mais confiáveis.

Aqui na Pró-Data System’s, por exemplo, oferecemos o sistema ERP Radar Empresarial, que se adapta totalmente às necessidades de cada empresa e integra processos de vendas, cobranças, recebimentos, orçamentos, compras, pagamentos, bancos, conciliações, gestão por centro de resultados e fluxo de caixa. O ERP permite, até mesmo, que sejam realizadas simulações de negociações de títulos, desse modo, as decisões podem ser tomadas com alto grau de objetividade.

Então, se você está na dúvida entre financiamento ou empréstimo, conte com o nosso apoio para decidir com segurança! Se restar alguma dúvida ou precisar de mais informações, deixe um comentário no espaço abaixo ou entre em contato com nossa equipe.

Dúvidas? Entre em contato agora mesmo

FALE COM NOSSOS CONSULTORES